Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019
Alagoas

INSS bloqueia mais de 8 mil benefícios em Alagoas por falta de prova de vida

Pagamento é normalizado automaticamente, após beneficiário procurar agência bancária

Por: Vale Agora Web em 29/03/2019 às 5:51

201607081446_ea15ef67eeO Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) bloqueou 8.344 benefícios de aposentados e pensionistas alagoanos que não fizeram a prova de vida – procedimento obrigatório que tem como objetivo dar mais segurança ao beneficiário, evitando fraudes e o pagamento indevido de benefícios.

A suspensão do pagamento para segurados que ficaram mais de 12 meses sem comprovar que estavam vivos foi determinada pela Medida Provisória 871, editada pelo presidente Jair Bolsonaro em janeiro deste ano.

O pagamento da folha de março começou na segunda-feira (25) e prossegue até o dia 5 de abril. O INSS recomenda que quem teve o pagamento bloqueado pode fazer a prova de vida no banco em que recebe o benefício. A liberação do recurso é automática, e acontece logo após o procedimento.

“Os beneficiários que não puderem ir até as agências bancárias também podem realizar a comprovação de vida por meio de representante legal ou pelo procurador do beneficiário legalmente cadastrado no INSS ou na instituição financeira responsável pelo pagamento do benefício”, informou o instituto, em nota.

Em todo o País, foram bloqueados 529.317 benefícios – o equivalente a 1,5% dos 35 milhões de benefícios pagos pelo órgão em todo o território nacional. São Paulo é o estado com o maior número de bloqueio, com 117.079 benefícios. Em seguida aparecem Minas Gerais (66.402), Rio de Janeiro (39.374), Salvador (36.993) e Rio Grande do Sul (35.728).

Os estados que registraram o menor número de benefícios bloqueados em decorrência da prova de vida foram Roraima, com 382 casos, Amapá (765), Acre (1.284) e Tocantins (2.258).

Por Carlos Nealdo | Portal Gazetaweb.com

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário