Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020
Brasil

Mulher ferida após ficar refém com bebê está na UTI e respira por aparelhos

Criminoso que participou de roubo no aeroporto de Campinas invadiu casa das vítimas e as manteve reféns por cerca de duas horas

Por: Vale Agora Web em 18/10/2019 às 19:59

Por Gazetaweb, com G1

201910181654_e485d1c8b5Hospital PUC-Campinas divulgou na tarde desta sexta-feira (18) que a mulher de 37 anos feita refém junto com a filha de 10 meses após o assalto no Aeroporto Internacional de Viracopos está “estável, sedada, em ventilação mecânica e inspira cuidados”. Durante a manhã, a família informou para a EPTV que o estado dela é grave.

O criminoso que participou do roubo de quinta-feira (17) invadiu a casa dela, no residencial Campina Verde, e manteve ambas reféns por cerca de duas horas. Ele foi morto e ela ficou ferida. O bebê saiu ileso.

Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher foi atingida por estilhaços de bala na região dos glúteos, “tendo sido socorrida em estado de saúde estável”. O hospital afirma que ela foi baleada na região lombar. A vítima passou por cirurgia na quinta-feira (18).

Em nota, a Polícia Militar informou que instaurou um Inquérito policial militar (IPM) para apurar “todas as circunstâncias relativas à ocorrência, conforme determina resolução da Secretaria de Segurança Pública. O IPM é acompanhado pela Corregedoria da corporação”.

Uma vizinha contou que a mulher saiu no portão quando ouviu os disparos. Foi nesse momento que ela foi abordada pelo criminoso, que entrou na casa e a fez refém.

Outras vítimas

Durante a fuga dos criminosos, o major da Polícia Militar (PM) Moreira, que é subcomandante da corporação em Campinas, foi baleado na perna e levado para o Hospital Ouro Verde, onde passou por cirurgia na quinta-feira (17).

Nesta sexta, a assessoria de imprensa da corporação informou que o oficial está internado no Hospital da Polícia Militar, estável e sem risco de morte.Três funcionários da empresa de transportes de valores Brinks também se feriram durante o roubo no terminal de cargas de Viracopos. Dois deles foram baleados e não há informação sobre o ferimento do terceiro.

Todos estão no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti e a prefeitura afirma que não autorização para passar o estado de saúde deles.

 

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário