Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019
Brasil

Tio de um dos assassinos chora e pede perdão às famílias das vítimas

Corpo de Luiz Henrique de Castro foi enterrado no Cemitério São Sebastião. Corpo de Guilherme Taucci Monteiro foi no Cemitério São João Batista

Por: Vale Agora Web em 15/03/2019 às 5:49

201903142139_95876df625O tio de um dos autores do ataque na escola de Suzano, afirmou nesta quinta-feira (14), após o enterro do sobrinho, que gostaria de pedir perdão às famílias das vítimas. Américo Castro, de 69 anos, é tio de Luiz Henrique de Castro, que foi sepultado por volta de 12h30 no cemitério municipal São Sebastião, após uma breve cerimônia na capela, que durou menos de 10 minutos, e contou com a presença de cerca de 20 pessoas.

“Quero pedir perdão público para os pais daquelas crianças. Eu não sei o que aconteceu com o menino. Em nome da família Castro eu peço perdão. Nós também somos vítimas”, afirmou Américo Castro, de 69 anos.

Segundo Américo, a mãe de Luiz está muito abalada e não conseguiu participar do enterro. “Não fizemos um velório em respeito às famílias das outras vítimas. A gente respeita a dor dos pais e mães daquelas famílias e é por isso que estou dando esse depoimento. Meu irmão e minha cunhada estão sem condições de falar”, afirmou.

O tio afirma que a família não percebeu nenhum comportamento diferente do jovem. “Era um menino normal, comum. Nós da família estamos muito chocados. Esse não era o Luiz que a gente conhecia.”

Não houve velório. O corpo foi sepultado rapidamente com a presença de poucas pessoas. O enterro foi feito pela Prefeitura de Suzano.

O corpo do outro assassino, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, foi enterrado nesta tarde no Cemitério São João Batista. A mãe de Guilherme foi ao enterro, que teve ao todo seis pessoas e foi acompanhado por policias militares e guardas civis.

Por Portal Gazetaweb, com G1

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário