Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Brasil

Witzel:A gente não precisa subir a Rocinha para saber que lá é ruim

Governador do Rio quer transformar favela em bairro

Por: Vale Agora Web em 05/11/2018 às 5:43

Eleito governador do Rio de Janeiro pelo PSC, empurrado pela “onda Bolsonaro”, o ex-juiz federal Wilson Witzel afirmou em entrevista ao jornal “O Globo” que pretende transformar a Rocinha em “bairro”, abrindo ruas e assentando desalojados em prédios no entorno da favela que fica em São Conrado, na Zona Sul da capital fluminense.

“Vamos buscar recursos para que as comunidades virem bairros. A Rocinha é uma cidade”

Witzel diz ter projeto viável para a fevela da RocinhaFOTO: AGÊNCIA BRASIL

, disse Witzel.

E ao ser questionado sobre problemas como desalojamento e desmatamento que o plano pode causar por conta dos becos e trechos íngremes que existem na Rocinha, além da mata nos arredores da comunidade, o governador eleito pareceu não estar preocupado.

“O projeto prevê a construção de prédios no entorno. Os projetos que queremos são viáveis”, afirmou o ex-juiz.

Por fim, Witzel foi perguntado se ele alguma vez já subiu a Rocinha. Eis a resposta: “Passei perto da Rocinha, nunca subi. Mas a gente não precisa subir para saber que lá realmente é ruim”, acrescentou.

A declaração de Witzel sobre a Rocinha deixou o diretório do PSOL no Rio de Janeiro indignado. Tarcísio Motta, que foi adversário do governador eleito no primeiro turno, condenou a fala do ex-juiz.

“Pelo jeito o novo governador conhece bem os problemas do estado. O preconceito com a favela é o principal deles. A criminalização desse território, que também é cidade, apenas joga pra debaixo do tapete o que se negocia nas coberturas da Vieira Souto”, escreveu Tarcísio no Twitter.

 

Por Notícias ao Minuto

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário