Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020
Concurso

Alagoana nota mil na redação do Enem passou 5 anos se preparando para vestibular

Por: Vale Agora Web em 18/01/2020 às 10:28

 

Nathalia Vital, de 24 anos, foi uma das duas alagoanas, entre 53 brasileiros, a conseguir nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Nathalia viu sua nota de redação subir de 780 para mil em cinco anos, tempo em que vem estudando para o vestibular. Seu sonho é conquistar uma vaga no curso de Medicina.

“Essa nota não é só minha”, disse Nathalia à Gazetaweb. Após tentar e falhar em um ano e passar três anos estudando em casa, ela conseguiu uma bolsa no Curso Opção Certa (COC), em Arapiraca, onde mora. Foi então que a nota máxima veio.

A redação de 2019, cuja temática foi a “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”, foi escrita por Nathalia com foco no ensino da valorização do cinema nas escolas e na melhora na estrutura e na acessibilidade dos cinemas. No texto, ela citou o filósofo alemão Jürgen Habermas, que defende o uso da cultura como ferramenta de inserção democrática.

Receosa para ver a nota, ela só abriu o sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) próximo de meio dia de hoje. “Esperava algo acima de 900, mas não um mil”, disse. Sua nota em 2018 foi 980, mas a média não foi o suficiente para entrar no curso de Medicina.

Ainda está incerta quanto ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU) de 2020 e ao ingresso no curso de Medicina, mas não larga mão da esperança. “O Valdir [Ferreira, professor de química] disse que as notas tinham dado uma baixa. Fui bem em redação e em matemática, (…) a gente carrega a esperança de entrar em Medicina até o último minuto”, disse.

 

 

 

Por Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário