Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Eleições 2018

TRE-AL ameniza polêmica sobre símbolo ‘comunista’ em urna de Maceió

Rapidamente as imagens circularam nas redes sociais com usuários alegando fraude na seção eleitoral 491, que recebera a urna

Por: Vale Agora Web em 29/10/2018 às 5:48

 

201810281554_a963a70c10Na manhã deste domingo (28), em uma das urnas destinadas para o Presídio de Segurança Média Cirydião Durval, no Complexo Penitenciário de Maceió, no bairro do Tabuleiro dos Martins, foi identificado o símbolo “comunista” – caracterizado com uma foice e martelo -, o que causou muitos boatos sobre possível fraude.

Rapidamente as imagens circularam nas redes sociais com usuários alegando violação na seção eleitoral 491, que recebera a urna. Entretanto, a assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), informou que cada local de votação recebe um símbolo aleatório e que não há nenhuma ligação com o símbolo do “Comunismo”.

Símbolo que gerou polêmica é um entre vários pertencentes em Maceió

FOTO: CORTESIA

“Esses mesmos símbolos são utilizados desde as eleições de 1996. Inclusive, no primeiro turno houve a utilização do mesmo símbolo”.

Para diminuir o impacto desnecessário entre os eleitores pró-Bolsonaro (PSL) e pró-Haddad (PT), o setor de Tecnologia da Informação (TI) do órgão, a pedido do presidente do TRE-AL, José Carlos Malta Marques, trocou o símbolo.

“Depois que recebemos a denúncias, rapidamente trocamos automaticamente os símbolos que estavam identificando esse lote de urnas para ninguém falar mais nada”, reafirmou a assessoria do TRE-AL.

 

TRE-AL ameniza polêmica sobre símbolo ‘comunista’ em urna de Maceió

Rapidamente as imagens circularam nas redes sociais como possível fraude na seção eleitoral 491

Por Maurício Manoel | Portal Gazetaweb.com

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário