Domingo, 18 de Agosto de 2019
Esportes

Com VAR protagonista, Verdão empata com o Bahia e mantém jejum de vitórias

Dois gols alviverdes foram marcados por Dudu, enquanto Gilberto foi quem balançou as redes para o Esquadrão de Aço

Por: Vale Agora Web em 12/08/2019 às 9:36

O Palmeiras não conseguiu presentear seus torcedores com uma vitória neste domingo de dia dos pais. Recebendo o Bahia, no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time comandado por Luiz Felipe Scolari dominou o primeiro tempo, porém, com um jogador a menos durante praticamente toda a etapa complementar, acabou saindo de campo com o amargo empate em 2 a 2, em que o VAR acabou sendo o grande protagonista.

Os dois gols alviverdes foram marcados por Dudu, enquanto Gilberto foi quem balançou as redes para o Esquadrão de Aço, ambas as vezes de pênalti, após interferência do árbitro de vídeo.

Com o resultado, o Verdão, que segue sem vencer no Brasileirão após a Copa América, diminuiu a vantagem do líder Santos para três pontos, mas perdeu a oportunidade de colar no Peixe. Na próxima rodada, o Palmeiras viaja até Porto Alegre para encarar o Grêmio, na Arena, no sábado, às 21h (de Brasília).

O Bahia, por sua vez, volta para casa com um importante ponto na bagagem. Agora, o time do técnico Roger Machado tentará colar nas primeiras colocações da tabela enfrentando o Goiás, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Fonte Nova, em Salvador.

O jogo – O Palmeiras começou a partida com tudo. Precisando voltar a vencer, o time comandado por Luiz Felipe Scolari por pouco não abriu o placar logo aos dez minutos com o estreante Luiz Adriano, que completou de cabeça o bonito cruzamento de trivela de Gustavo Scarpa, mandando rente à trave rival.

Se o novo camisa 10 do Verdão não contou com a sorte, dois minutos depois Dudu foi mais feliz. Desta vez pela esquerda, Scarpa fez o cruzamento na área, e o zagueiro do Bahia tentou afastar, mas jogou contra o próprio gol, obrigando Douglas Friedrich a fazer a defesa. Porém, o rebote sobrou nos pés de Dudu, que precisou apenas completar para o fundo das redes, com o goleiro adversário caído, para abrir o placar no Allianz Parque.

Somente aos 25 minutos o Bahia conseguiu se desvencilhar da blitz palmeirense e assustar os donos da casa. Élber arrancou em velocidade e tocou par Gilberto, que saiu frente a frente com Weverton, driblou o goleiro palmeirense, mas ao finalizar viu Luan fazer o desvio para evitar o empate do Esquadrão de Aço.

Antes de ir para o intervalo, o Palmeiras ainda esteve próximo de ampliar em algumas oportunidades com Luiz Adriano, que completou passe de Marcos Rocha mandando por cima do gol, e Scarpa em chute de fora da área, entretanto, os donos da casa viram a tranquilidade ir embora já nos minutos finais, quando Felipe Melo atingiu o rosto de Lucca com o braço e acabou sendo expulso.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o que a torcida do Palmeiras mais temia se concretizou. Logo aos dois minutos Arthur Caike recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou em direção ao gol, mas no meio do caminho Diogo Barbosa e tocou com o braço na bola. Após auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti, e Gilberto não desperdiçou a cobrança, deslocando o goleiro para deixar tudo igual no placar.

Mas a igualdade no marcador não durou muito tempo. Aos 13 minutos, Marcos Rocha cobrou lateral direto para a área, Dudu cabeceou, mas Douglas Friedrich defendeu à queima-roupa. Só que assim como no primeiro gol, o rebote da defesa do goleiro do Bahia sobrou nos pés do camisa 7 palmeirense, que novamente precisou apenas tocar para o fundo das redes para recolocar o Verdão em vantagem.

A euforia dos palmeirenses era evidente, já que o time ia voltando a vencer no Brasileirão após quatro jogos, contudo, o VAR novamente foi o responsável por acabar com a alegria dos donos da casa. Aos 36 minutos, Arthur Caíke recebeu cruzamento da esquerda, se chocou com Luan e após o árbitro de vídeo ser acionado, o juiz marcou mais um pênalti para o Bahia. Gilberto novamente foi para a cobrança de estufou as redes, assegurando o importantíssimo empate ao Esquadrão de Aço e botando água no chope dos mais de 30 mil torcedores que compareceram ao Allianz Parque neste domingo de dia dos pais.

 

 

Por Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário