Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
Esportes

CRB bate Brasil-RS por 3×1 e volta a vencer no Estádio Rei Pelé pela Série B

Galo contou com um gol e uma assistência do inspirado Felipe Ferreira na construção do placar desta terça-feira (10)

Por: Vale Agora Web em 11/09/2019 às 8:38

Enfim, vitória! O CRB encarou o Brasil de Pelotas nesta noite de terça-feira (10), no Estádio Rei Pelé, venceu por 3×1, e pôs fim a uma seca sem vitórias em casa que já durava cinco jogos nesta Série B. Os gols do Galo foram anotados por Felipe Ferreira, Lucas Siqueira, Alisson Farias, enquanto que Maicon Assis fez o de honra da equipe xavante.

Com o resultado desta 22ª rodada, o time regatiano subiu quatro posições e ocupa momentaneamente a 5ª posição da tabela de classificação da Segundona, com 33 pontos. O Brasil-RS, por enquanto, está estacionado na 11ª colocação, com 28.

Na próxima rodada, o CRB encara o Coritiba-PR, no Couto Pereira, às 19 horas do sábado (21). O Brasil de Pelotas volta a jogar no Estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul, na quinta-feria (19), às 21h30.

Domínio do CRB

Autor do primeiro gol do jogo, Felipe Ferreira foi quem ditou o ritmo do CRB na etapa inicial

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Precisando espantar a má fase em casa, o elenco regatiano imprimiu um bom ritmo ofensivo desde os primeiros minutos. Aos 4′, Alisson Farias recebeu um bom passe de Felipe Ferreira, entrou na área do Brasil de Pelotas, mas ao invés de chutar, preferiu cruzar e errou o passe. Novamente Ferreira puxou o ataque do Galo, deixou o lateral Igor numa boa e o jogador cabeceou nas mãos do goleiro Carlos Eduardo, aos 9.No 12º minuto, outra vez pela beirada de campo, o CRB chegou forte com Alisson Farias na esquerda. O atacante apareceu por trás da zaga do Brasil-RS, abriu espaço, soltou um balaço e o arqueiro do Xavante impediu a abertura do marcador. Dois minutos depois, Felipe Ferreira recebeu a bola dentro da grande área, ficou cara a cara com o goleiro adversário e mandou por cima do gol do Brasil-RS.

Só que da segunda vez o meia artilheiro do Galo não desperdiçou. Aos 18, após cruzamento de Alisson Farias pela esquerda, Felipe Ferreira apareceu livre, se jogou na bola e desviou o percurso da redonda para o fundo da meta do Brasil de Pelotas: 1×0.

Felipe Ferreira se jogou na bola para fazer o primeiro gol do Galo

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Aos 28 minutos, pênalti não dado a favor do CRB. Alisson Farias recebeu dentro da área, gingou na frente do lateral direito Ednei e na hora da passagem foi agarrado, mas o árbitro Elmo Resende mandou o jogo seguir. Logo depois, Felipe Ferreira pegou a redonda na entrada da área adversária, chutou cruzado, Léo Ceará mandou para o gol e Carlos Eduardo fez uma grande intervenção.Mas aos 34 minutos não teve jeito. Mais uma vez Felipe Ferreira apareceu no ataque, cruza da direita com destino ao meio da área do Brasil, Lucas Siqueira subiu livre e desviou para a meta de Carlos Eduardo: 2×0 no Rei Pelé.

Volante Lucas Siqueira apareceu de surpresa para fazer o segundo gol da partida

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

E tinha espaço para mais. No minuto 28, o lateral Daniel Borges chega à linha de fundo pela direita, mandou na área e Léo Ceará acertou um chutaço de primeira. A bola passou raspando a trave e se perdeu pela linha de fundo. No minuto seguinte, outro balaço: Felipe Ferreira recebeu na entrada da área e tentou dali mesmo. A redonda, de novo, tirou tinta do gol xavante. E assim acabou o primeiro tempo, com vantagem para o CRB.Etapa final movimentada

Com a vantagem dos dois gols, o CRB se postou de maneira reativa, aguardando as investidas do inimigo na tentativa de explorar o contra-ataque. O Brasil de Pelotas, por sua vez, acreditando na reversão do marcador partiu logo para o ataque. E antes do primeiro minuto, Maicon Assis saiu riscando a defesa do Galo é foi parado com falta. Ednei bateu, Leandro Camilo desviou de cabeça, mas mandou por cima do gol de Vinicius.

Brasil de Pelotas adiantou a marcação sobre o CRB e chegou algumas vezes a meta de Vinícius

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Aos 14 minutos, após cruzamento vindo da esquerda, Igor mandou para escanteio antes da chegada do centroavante Murilo Rangel. Na cobrança do escanteio, Bruno Aguiar marcou de cabeça, mas a arbitragem já havia assinalado falta de ataque.Porém, aos 22 veio o gol que o Xavante muito buscava. Ednei cobrou novo escanteio, a bola atravessou toda a grande área do CRB e sobrou para Maicon Assis soltar o pé e diminuir o placar no Trapichão: 2×1. Mas, apenas dois minutos mais tarde, o atacante Alisson Farias foi lá e fez o terceiro gol do Galo: briga no alto entre Edson Cariús e a zaga gaúcha, a bola sobrou para o atacante soltar um lindo chute no ângulo esquerdo de Carlos Eduardo: 3×1.

Logo após sofrer o gol do Brasil-RS, atacante Alisson Farias assinalou o terceiro do CRB e decretou a vitória alagoana

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Após toda esta correria, a partida passou a ser cadenciada pelo CRB e o Brasil, nervoso, cometendo diversas faltas. Abusado com o anti-jogo, o volante regatiano Lucas Abreu deixou o braço no rosto de Eduardo Person e terminou expulso, aos 41 minutos. Com um a mais e atrás do placar, os gaúchos tentaram chegar ao gol no “abafa”, mas nada feito. Vitória regatiana e fim de jejum sem vitórias dentro do Trapichão.

 

 

 

Por Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário