Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Esportes

Murici estreia na Copa do Brasil virando pra cima do Cuiabá

Após empate de 1x1 no 1º tempo, equipe alagoana define placar de 3x2 na etapa complementar

Por: Vale Agora Web em 05/03/2015 às 8:20
Zagueiro Odair Lucas corre para festejar o gol que deu a vitória ao Murici (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

Zagueiro Odair Lucas corre para festejar o gol que deu a vitória ao Murici (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

Depois do ASA e do CRB, o Murici estreou na Copa do Brasil com vitória por 3×2 sobre o Cuiabá e com direito a defesa de pênalti do goleiro Léo Maceió no último lance da partida que foi disputada na noite desta quarta-feira, no Estádio José Gomes da Costa.

A vitória alagoana foi de virada. Felipe Alves e Egon assinalaram para o Cuiabá. Marcaram, para o Murici, Val Paraíba, Diogo e Odair Lucas. Detalhe que o jogo teve atraso superior a uma hora devido a falta de energia na cidade de Murici.

Este resultado faz com que o jogo da volta aconteça, até porque o vencedor não foi o visitante e muito menos por dois ou mais gols de diferença. Portanto, daqui a duas semanas (18 de março), Murici e Cuiabá voltam a se enfrentar agora na Arena Pantanal, em Cuiabá. Na capital do Mato Grosso o Murici vai defender o empate para passar de fase.

Murici começa acuado e Cuiabá tira proveito para sair à frente do placar

Quem tomou a iniciativa foi o Cuiabá, mas em batida de falta a defesa do Murici cortou logo no terceiro minuto de partida. Acuado, o time da Zona da Mata alagoana só se projetou ao ataque pela primeira vez já próximo aos 10 minutos, mas mesmo assim para ser pego em impedimento com o armador Charles Vagner.

E o Cuiabá acabou abrindo o placar, aos 13 minutos, graças a falha do lateral-esquerdo Leandro Mendes, que furou ao tentar afastar a bola para longe. Os atacantes do Cuiabá tiraram proveito da situação e Kaíque tocou para Felipe Alves abrir o placar.

O Cuiabá seguiu mandando no jogo, pois além de ir ao ataque com perigo estava se defendendo muito bem. Até que Katê, que começava a se destacar, sofreu falta e na cobrança o atacante Val Paraíba escorou de cabeça, de costas, para empatar o jogo aos 22 minutos.

A partir daí o Murici foi equilibrando asa ações e cerca de dez minutos atrás esteve a ponto de virar o placar, através de jogada que mais uma vez começou com Katê e a finalização foi de Leandro Mendes. O lateral-esquerdo ia se redimindo da falha cometida, mas encontrou o goleiro Willian Alves bem colocado para praticar a defesa que assegurou o empate de 1×1 no 1º tempo.

O Cuiabá também teve uma boa oportunidade para fazer mais um gol, próximo aos 40 minutos. Escanteio batido pelo meia Felipe Blau e zagueiro Egon apareceu para finalizar mas encontrou Léo Maceió bem postado para praticar a defesa.

Murici vai para a virada após gols relâmpagos no início do 2º tempo

O 2º tempo começou eletrizante, pois aos 4 minutos o Murici virou o placar em consequência de uma bela jogada que começou com o volante Charles Vagner fazendo lançamento para Katê, que após tabelar com Diogo este último finalizou forte para fazer 2×1.

Mas não deu tempo para a torcida local comemorar porque três minutos após o meia Felipe Blau cobrou escanteio e o zagueiro Egon ganhou do goleiro Léo Maceió na pequena área para de cabeça igualar novamente o marcador: 2×2.

Em seguida o próprio Felipe Blau, de cabeça, quase põe o Cauiabá novamente à frente do marcador, que errou o cabeceio por pouco. Só que aos 15 minutos o Cuiabá provou do veneno que havia aplicado no Murici. Escanteio, volante Rambo escorou de cabeça e o zagueiro Odair Lucas se antecipou à defesa adversária para estufar a rede.

Outra vez à frente do placar, agora o Murici se fechou, não mais permitindo as investidas do Cuiabá pelo meio. O time do Mato Grosso ainda tentou pelos flancos, mas também sem sucesso.

Isso fez com que o Murici assume o comando da partida até o apito final. Mesmo assim o Cuiabá teve grande chance de novamente igualar o marcador já nos acréscimos, quando aos 46 minutos o árbitro Cláudio Francisco Lima e Silva flagrou o volante Rambo empurrando o zagueiro Egon na sua própria área em cobrança de escanteio.

Um minuto após o meia Felipe Blau foi para a cobrança e o goleiro Léo Maceió, que no lance anterior já havia feito grande defesa ao espalmar para escanteio cabeçada de Egon que tinha endereço certo, voltou de nova a pontuar, fazendo agora a defesa do jogo porque garantiu a vitória do seu time no último arremate ao gol.

 

Fonte: Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário