Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Justiça

Policial militar é condenado a 19 anos de prisão por homicídio

Por: Vale Agora Web em 05/06/2018 às 9:35
Foto: João Urtiga/Alagoas24horas

Foto: João Urtiga/Alagoas24horas

O policial militar Savile Silva de Souza, acusado de matar o jovem Maykon Amorim Santos, em 2012, vã a júri popular nesta segunda-feira (4), às 13h. A sessão será conduzida pelo juiz John Silas da Silva, da 8ª Vara Criminal de Maceió, no Fórum do Barro Duro.

Maykon Santos seria passageiro da motocicleta. O condutor, Philippe Silva de Omena Santos, afirmou, em depoimento, que foi surpreendido por um tapa no rosto pelo militar Benjamin André, após a colisão. Em seguida, o capitão Savile teria efetuado o disparo que vitimou o seu primo.

Savile Silva de Souza será julgado por homicídio qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Durante o processo, o réu negou a acusação. Benjamin André foi despronunciado do homicídio pelo Tribunal de Justiça de Alagoas, isto é, a Justiça entendeu que não havia elementos mínimos para levá-lo a júri pelo crime.

Matéria referente ao processo nº 0702262-91.2013.8.02.0001

Fonte: TJAL

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário