Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Maceió

Com estoque crítico, Hemoal faz coleta de sangue em Bebedouro nesta quarta-feira

Ação vai das 8h às 16h, no Colégio Batista, situado na Rua Faustino Silveira

Por: Vale Agora Web em 07/11/2018 às 6:39

201809230927_92e6ae476fCom apenas 28,6% do estoque de sangue necessário, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) realiza, nesta quarta-feira (7), coleta de sangue no Colégio Batista de Bebedouro, situado na Rua Faustino Silveira, em Maceió. A ação, que irá ocorrer das 8h às 16h, visa aumentar o número de bolsas coletadas, uma vez que o órgão necessita de 300, mas só dispõe de 86.

Das bolsas de sangue disponíveis, duas são da tipagem O Negativa, duas da B Negativa, seis da A Negativa e quatro da B Positiva, situação considerada crítica, uma vez que Alagoas terá mais três feriados este mês – a Proclamação da República (15), Consciência Negra (20) e Dia do Evangélico (30) -, quando a demanda por transfusões deve aumentar.

A assistente social do Hemoal, Maria das Graças Padilha, apela para que os alagoanos se sensibilizem e se candidatem à doação de sangue, seja durante a coleta externa ou nos postos fixos. “Os voluntários podem realizar suas doações de sangue no Hemoal Trapiche, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e, aos sábados, das 8h às 17h”, informa. A unidade está localizada na Rua Dr. Jorge de Lima”.

Também é possível se candidatar a doação de sangue no Hemoal Farol, que funciona no Hospital do Açúcar e atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h. Já no interior do estado, as doações podem ser realizadas no Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar), que provisoriamente está funcionando no Laboratório Municipal, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Critérios para doação

Para se candidatar à doação de sangue é necessário ter peso igual ou superior a 50 kg, idade entre 16 e 69 anos, além de portar um documento de identificação com foto. No caso dos menores de 18 anos, é imprescindível estar acompanhado dos pais e portar um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.

Há impedimento para as pessoas que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. No caso das gestantes e lactantes é proibida a doação. Para repetir o ato, os homens devem respeitar o prazo de dois meses e as mulheres ficam impedidas durante três meses.

Por Portal Gazetaweb.com, com assessoria

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário