Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
Maceió

Greve dos servidores municipais de Maceió está mantida e deve começar amanhã

Por: Vale Agora Web em 16/07/2018 às 10:06
FOTO: DÁRCIO MONTEIRO

FOTO: DÁRCIO MONTEIRO

A greve dos servidores do município de Maceió está mantida e deve iniciar nesta terça-feira (17). Os trabalhadores cobram reajuste salarial de 15.41%. A prefeitura informou que só pode pagar 3%. No entanto, os sindicatos denunciam que o município se nega a reajustar o valor retroativo à data base da categoria, que é o mês de janeiro.

“Fizemos uma assembleia na última quarta-feira (11), quando decidimos que iríamos entrar em greve. Esperamos o prazo legal de 72h, que termina hoje, para então cruzarmos os braços. Desde então a prefeitura não nos chamou para negociar”, informou o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Maceió (Sindspref), Sidney Lopes.

A expectativa do movimento é de que cerca de 50% dos servidores paralisem as atividades. “Estamos mobilizados e esperamos essa adesão por parte dos funcionários. São pessoas de todas as categorias. A revolta maior dos trabalhadores é ouvir o prefeito dizer que não tem como pagar de forma retroativa nem os 3% que ele quer ofertar. Isso é um absurdo”, falou Lopes.

Uma reunião está agendada para acontecer na tarde desta segunda-feira (16), na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), onde os grevistas deverão decidir a agenda do movimento. O representante do sindicato informou que é provável que uma passeata seja realizada amanhã.

Por meio de nota, a Prefeitura de Maceió comunicou que a Procuradoria Geral do  Município fará uma análise jurídica para avaliar os encaminhamentos a respeito do anúncio de greve dos servidores.

“A Prefeitura de Maceió começou a receber as comunicações oficiais sobre a decisão de greve de alguns sindicatos. A partir de agora, a Procuradoria Geral do Município fará a análise jurídica e alinhará junto à Secretaria Municipal de Gestão qual deve ser o procedimento quanto aos encaminhamentos da gestão municipal sobre o assunto”.

  Por Madysson Weslley | Portal Gazetaweb.com

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário