Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017
Notícias

Taxista é detido com mais de 22kg de maconha prensada em Arapiraca

Por: Vale Agora Web em 10/08/2017 às 9:05

WhatsAppImage20170810at08.18.49-750x421A megaoperação desencadeada em Arapiraca, na manhã desta quinta-feira (10), resultou na prisão de um taxista que foi flagrado com 22,5kg de maconha prensada no veículo, no bairro Cacimbas. O nome do suspeito ainda não foi divulgado e ele está sendo ouvido na Central de Polícia da Capital do Agreste.

A droga é, provavelmente, oriunda de Pernambuco e seria distribuída em Arapiraca. O veículo, um Gol de placa ORJ-3929, também foi encaminhado à Central de Polícia e tudo indica que tem registro na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Operação Reditos
Desde as primeiras horas desta quinta-feira (10), estão sendo cumpridos 25 mandados de prisão e 49 de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Cerca de 50 viaturas e 100 policiais estiveram empenhados na megaoperação, que resultou na prisão de 16 pessoas, dentre elas cinco mulheres – uma delas, grávida.

Denominada Reditos, a ação da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP) visa desarticular uma organização criminosa que chefia o tráfico de drogas na região.

As investigações tiveram início há quatro meses e há informações de que a organização criminosa possui lideranças dentro do Sistema Prisional de Alagoas. Vários detidos estão sendo ouvidos na Central de Polícia de Arapiraca.

Os nomes dos envolvidos e o material apreendido serão apresentados durante coletiva de imprensa a ser realizada no fim da operação. Até o momento, 16 pessoas foram presas e a megaoperação ocorreu nos bairros Manoel Teles, Primavera, Brasília e Centro da cidade.

A operação tem participação de integrantes da Polícia Militar do 3º BPM, Polícia Civil, BPTran, da Inteligência da PM e do Núcleo de Inteligência do 9º Batalhão de Polícia Militar de Garanhuns, cidade onde um dos acusados foi detido.

Fonte: Já é notícia

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário