Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Polícia

Orçamento de 2019 começa a receber emendas na Assembleia Legislativa

Deputado Bruno Toledo confirmou que priorizou cidades que integram sua base eleitoral

Por: Vale Agora Web em 06/12/2018 às 6:42

201812051730_df86b258d7O prazo para a apresentação de emendas ao Orçamento de R$ 9,8 bilhões do Estado termina no próximo dia 10. A articulação interna da Assembleia Legislativa definiu que cada parlamentar deve apresentar até R$ 2 milhões em projetos. O deputado Bruno Toledo (Pros) abriu o processo de apresentação de pedidos, priorizando a área de saúde.

Ao todo, conforme levantamento da Gazetaweb, oparlamentar apresentou R$ 2 milhões. Desse total, o maior valor foi para a capital, Maceió, que levou R$ 400 mil, seguida das cidades de Cajueiro, Penedo, Major Izidoro e Taquarana, que devem receber R$ 200 mil para investimentos em unidades de saúde.

“Neste ano, priorizei de forma efetiva as cidades com as quais mantivemos relação política e que nos apoiaram. Em contato com as lideranças. durante a campanha eleitoral, pude perceber que o principal serviço que precisam é na área de saúde. Essa, sem dúvidas, é a maior necessidade”, justificou Toledo.

No fracionamento do valor a que tem direito de apresentar, Toledo indicou investimento de R$ 80 mil para compra de ambulâncias para as cidades de São José da Tapera, Viçosa, São José da Laje, Marechal Deodoro, Maravilha, Ibateguara, Capela, Pão de Açúcar, Girau do Ponciano, Porto Real do Colégio, Monteirópolis.

O mesmo valor também foi destinado para a aquisição de dois veículos para a área de assistência social, desta vez na cidade de Maragogi.

“Agora, o próximo passo é trabalhar para que o governo faça a liberação dos recursos. Vou trabalhar junto com os deputados para que isso seja aplicado de forma impositiva no orçamento que entrará em vigor”, garantiu o parlamentar.

Depois de lidas no Plenário, as emendas seguem para a Comissão de Orçamento da Assembleia, que é presidida pelo deputado Inácio Loiola. Outras emendas já foram apresentadas. Porém, como não houve quórum de nove deputados, na sessão desta quarta-feira, tiveram a formalização, em Plenário, adiada.

 

Por Marcos Rodrigues | Portal Gazetaweb.com

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário