Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
Polícia

Polícia Federal e Ministério Público Federal analisam caso Manfredini

Ministério Público Federal (MPF) disse que a matéria será transformada em procedimento e logo depois enviada a um promotor da área criminal.

Por: Vale Agora Web em 28/02/2013 às 7:24

Luciano-ManfrediniA Polícia Federal de Alagoas vai analisar o caso de Luciano Manfredini, que utilizou o seu perfil no Facebook para disparar ofensas contra os alagoanos.

Após o caso ser veiculado por muitos portais de notícias de Alagoas, a Delegacia de Segurança Institucional (Delinst) vai analisar o caso e depois decidir se vai ser instaurado um inquérito contra Manfredini para se apurar os fatos.

Já o Ministério Público Federal (MPF) disse que a matéria será transformada em procedimento e logo depois enviada a um promotor da área criminal.

Caso seja instaurado um inquérito policial contra Manfredini ele será denunciado na Lei 9.459/97 que tem como crime praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional com pena de um a três anos de multa.

Não é a primeira vez que acontece Mayara Petruso também utilizou sua conta em uma rede social para denegrir os nordetinos a estudante foi condenada a 1 ano, 5 meses e 15 dias de reclusão por mensagem preconceituosa e de incitação à violência contra nordestinos em sua página no Twitter.

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário