Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
Polícia

Secretária confirma redução de crimes e desmente maquiagem nos números

Regina Miki garantiu a redução da violência no estado e exaltou o trabalho da segurança pública para o êxito das ações.

Por: Vale Agora Web em 27/02/2013 às 15:26

Regina MikiA Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki descartou que o governo vem maquiando os números da violência em Alagoas. Em coletiva, na manhã desta quarta-feira (27), ao lado do Secretário de Estado da Defesa Social, Dário César, a representante do governo federal garantiu a redução da violência no estado e exaltou o trabalho da segurança pública para o êxito das ações.

Rebatendo as notícias veiculadas na imprensa, Miki explicou que os números de homicídios divulgados pelo Ministério da Saúde não condizem com a realidade, já que os levantamentos apresentados pela Defesa Social apontam a redução dos crimes violentos no estado.

Durante o mês de fevereiro, os assassinatos no estado tiveram uma redução significativa, mas apesar da queda não há muito o que se comemorar, como avalia Regina Miki. “Houve uma diferença de 186 mortes fazendo um comparativo com os anos anteriores”, colocou.

Os levantamentos apontaram que a redução das mortes em Alagoas foi de 11,88%, fazendo uma comparação com fevereiro de 2012. Em Maceió, os números mostram que os crimes reduziram em 23,03% e em Rio Largo, 1,67%.

“Essa redução é um mérito do governo do estado que implantou ações que não estavam presentes no Plano trazido pelo governo federal, como as câmeras para videomonitoramento. Isso contribuiu para a redução dos números”, colocou.

Novo presídio vai desafogar delegacias

Julho é o prazo estipulado pela Secretaria de Defesa Social para a entrega da nova unidade de segurança máxima do estado. O presídio do agreste, que está sendo construído em Craíbas, deve ser entregue em julho e acabar com a superlotação das delegacias. Essa é a afirmação do secretário de Defesa Social, Dário César.

Durante a coletiva, ele afirmou que em julho as delegacias do inteiror irão abolir de vez as prisões nas distritais. “Quem for preso a partir de julho, vai diretamente para o sistema penitenciário. O novo presídio vai desafogar a demanda de Maceió e acabar de vez com a superlotação nas delegacias”, garantiu.

 

por Anna Cláudia Almeida e Vanessa Siqueira

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário