Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
Polícia

Suspeito morto em confronto integrava o PCC e chegou a desafiar facção rival

Por: Vale Agora Web em 16/08/2019 às 20:42

suspeito morto em confronto com a polícia na madrugada desta sexta-feira (16), no Vale do Reginaldo, seria integrante do PCC, conforme informações divulgadas pela polícia. Em vídeo que circula nas redes sociais, Anderson Carlos Pereira, o Andinho, de 20 anos, desafia uma facção rival e diz que o grupo dele “tem o poder”. Nas imagens, ele também ostenta uma arma de fogo.

Anderson reagiu durante uma abordagem policial, atirando em integrantes da Deic e do 1º BPM, de acordo com relato dos investigadores.

A operação policial que deixou o jovem morto culminou com a prisão de cinco envolvidos em homicídios na região do Vale do Reginaldo, em Maceió.

Segundo os policiais, Andinho respondia pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas. Também é apontado por envolvimento em assaltos a ônibus em Maceió. “Tinha envolvimento em homicídios, tráfico de drogas e roubos, inclusive a coletivos”, informou o delegado Eduardo Méro, coordenador da DHPP.

Suspeito que morreu após desafiar facção rival

Reprodução

Em vídeo publicado nas redes sociais, Andinho cita facções criminosas e desafia as forças de segurança. Foram presos durante operação Joitalo Silva dos Santos; Danilo dos Santos Moreira, o Cabeça; Edejunior Santos da Silva, o Guiga, e Júlio César Lourenço. O menor L. G. C., de 17 anos, foi apreendido.

A justiça expediu cinco mandados de prisão preventiva que culminou com a operação, coordenada pelas equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e apoio de unidades da Polícia Civil e Militar de Alagoas.

 

 

 

Por Gazeta web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário