Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019
Política

Após saída de Bolsonaro, deputado Cabo Bebeto anuncia desfiliação do PSL

Presidente da República vai criar um novo partido em busca do pleito de 2019, após problemas internos na antiga silga

Por: Vale Agora Web em 18/11/2019 às 17:28

 

O pedido de saída da presidência do Diretório do PSL em Maceió, oficializado, na manhã desta segunda-feira (18), pelo deputado estadual Cabo Bebeto (PSL) pode ser o “começo do fim” para o partido em Alagoas. Fiel ao presidente Jair Bolsonaro, que vai criar a Aliança Nacional Conservadora após uma série de problemas internos na antiga sigla, a saída de Bebeto começa a abrir um racha na legenda aqui no Estado.

Ele era o único com mandato que foi eleito nas eleições de 2018. Em um post no seu perfil do Instagram, Bebeto agradeceu a direção do partido, mas, principalmente, aos 31.573 eleitores que o elegeram como deputado estadual. Ele disse que todos conhecem sua “admiração política” com o presidente, limitando-se a dizer que é de conhecimento público o seu alinhamento com Bolsonaro.

Ao se referir ao novo partido, Bebeto diz terá uma linha política “sintonizada com os ideários do nosso capitão e anseios de mudanças clamadas pelo povo brasileiro”. Segundo ele, neste momento acompanhar o presidente é “muito mais que um ato de gratidão, uma real demonstração de confiança política”, descreveu ao pedir que o PSL comunique sua decisão à Justiça Eleitoral.

Ainda não se sabe se o PSL vai tomar alguma providência contra a posição do parlamentar e buscar o mandato já que, em tese, a cadeira na Assembleia é da sigla ou vai espulgá-lo para viabilizar a sua migração para o novo partido. A Gazetaweb buscou contato com sua assessoria, mas não obteve retorno até o momento.

Candidatura

Em Alagoas, enquanto ainda estava na legenda, o presidente nacional do PSL, Luciano Bívar, havia garantido que caso o partido não apoiasse nenhum outro candidato seria Bebeto o nome para a disputa municipal. No ritmo que vai não se sabe se, em breve, a silga PSL vai significar partido sem liderança

A sucessão municipal no Estado vinha sendo articulada pelo presidente do Diretório Estadual, Flávio Moreno. Ele também é fiel ao presidente, mas ainda não comunicou oficialmente se também irá se desligar do partido.

 

 

Por Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário