Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018
Política

Barroso manda encaminhar perguntas da PF a Temer, que terá 15 dias para resposta

Por: Vale Agora Web em 20/12/2017 às 13:10
FOTO: UESLEI MARCELINO/REUTERS

FOTO: UESLEI MARCELINO/REUTERS

O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou nesta terça-feira (19) encaminhar ao presidente Michel Temer as perguntas formuladas pela Polícia Federal no inquérito em que Temer é investigado.

Barroso definiu, ainda, que o presidente terá 15 dias para mandar as respostas, por escrito (os questionamentos não foram anexados ao processo). O ministro do STF também prorrogou por 60 dias as diligências do inquérito.

As investigações começaram em razão da suspeita de que Temer teria beneficiado uma empresa privada ao editar um decreto sobre o setor de portos.

Desde que o inquérito foi aberto, Temer e a empresa que teria sido beneficiada negam irregularidades.

Entenda o caso

A abertura do inquérito foi pedida em junho pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base nas delações de executivos do grupo J&F – que controla a JBS.

Em setembro, o relator do caso, Luis Roberto Barroso, autorizou a abertura do inquérito.

Durante as investigações, foi captada uma conversa telefônica entre Temer e o ex-assessor Rodrigo Rocha Loures na qual os dois discutiram o decreto.

Em outubro, a Procuradoria Geral da República (PGR) foi autorizada a tomar o depoimento de Temer, mas a Polícia Federal pediu para analisar o caso antes de formular as perguntas, e Barroso autorizou.

Agora, com a decisão do ministro, as perguntas serão encaminhadas ao presidente, que terá duas semanas para responder.

Por Rosanne D’Agostino, TV Globo, Brasília

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário