Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Política

Governador assina ordem de serviço para construção de UPA no Tabuleiro

Por: Vale Agora Web em 08/06/2018 às 9:51
FOTO: DÁRCIO MONTEIRO

FOTO: DÁRCIO MONTEIRO

O governador Renan Filho (PMDB) assinou, nesta quinta-feira (7), o contrato para a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Tabuleiro do Martins, em Maceió. Com obras no valor de R$ 5,4 milhões, a unidade deve realizar 10 mil atendimentos por mês para os 65 mil moradores da localidade e da região metropolitana.

A UPA, que será focada no atendimento intermediário, entre a Atenção Básica e a Média e Alta Complexidade, será construída onde hoje funciona o Ambulatório 24 Horas Assis Chateaubriand, na Avenida Durval de Góes Monteiro. A previsão é que ela seja construída em 120 dias, contados a partir do início da execução dos serviços.

“A obra vai começar imediatamente, da mesma maneira como foi feito com a do Jacintinho. Vai ser muito importante para que a gente atenda aqui mesmo pessoas que precisam de saúde. Vai colaborar para desafogar o HGE e vai, sem dúvida, melhorar a rede de saúde publica de Maceió”, disse ele.

A construção será custeada com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Fecoep). A unidade será mantida com recursos próprios do estado e administrada por meio de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip).

Quando estiver em funcionamento, o equipamento funcionará 24 horas por dia, durante os sete dias da semana. Ele será dividido em leitos de observação, com 15, e de urgência, com quatro, nas áreas de clínica geral, pediatria, ortopedia e odontologia, dispondo ainda de salas de nebulização e gesso, consultórios, laboratório, exames de raios-x e eletrocardiograma.

Segundo o secretário de Saúde, Christian Teixeira, o mini pronto socorro do Tabuleiro vai passar a funcionar em um prédio alugado nas imediações. O edifício fica localizado também na Avenida Durval de Góes Monteiro, ao lado do Banco Bradesco, na Bomba do Gonzaga.

Ele afirma que, com as novas construções, como os Hospitais da Mulher, Metropolitano e os regionais de União, Delmiro e Porto Calvo, devem abrir novos 700 leitos na área. “A população de Alagoas precisa de melhorias na área da saúde e o governador tem trabalhado muito para isso”, ressaltou o gestor.

Por Larissa Bastos e Marcelo Amorim

 

 

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário