Domingo, 24 de Janeiro de 2021
Política

JHC fará pente-fino em contratos e promete perfil técnico do secretariado

Prefeito eleito diz que todas as intervenções que a gestão vai fazer são 'muito realistas para o cenário'

Por: Vale Agora Web em 30/11/2020 às 17:48
JHC fala que fará um pente-fino nas contas públicas municipais FOTO: JONATHAS MARESIA

JHC fala que fará um pente-fino nas contas públicas municipais
FOTO: JONATHAS MARESIA

Um dia após o resultado do 2º turno das eleições em Maceió, o prefeito eleito JHC (PSB) disse, em entrevista à Gazetaweb, que vai montar uma equipe preparada e competente para a transição e que, nos próximos 100 dias, fará um pente-fino nas contas da Prefeitura.

“Quero um perfil técnico, mas um perfil que goste de gente. Não tem como ser aquele burocrática, aquele camarada que vai chegar lá e vai trazer mais problemas do que soluções. Então tem que ser pessoas técnicas, aguerridas, proativas. Gosto de gente boa de serviço. A gente vai começar a falar alguns nomes”, disse o prefeito eleito.

De acordo com João Henrique Caldas, chegou o momento de fazer a mudança de verdade. “Durante a campanha, falamos sobre mudança e agora chegou a hora de fazer, de materializar essa mudança”.

O prefeito eleito disse, também, que as principais áreas, como saúde, educação, transporte público devem ser prioridades em sua gestão. “Nós vamos priorizar e deixar um legado na educação, o conhecimento, mas, existem problemas graves como a saúde em nosso município, os transportes públicos, que precisam ser enfrentados, e a forma de fazer política que será totalmente diferente”.

Prefeito eleito, JHC fala sobre o processo de transição para sua gestão

Crédito: Tatianne Brandão

Ainda segundo JHC, a gestão terá um ritmo diferente e perto das pessoas, conhecendo os problemas de cada bairro. Ele defendeu, ainda, que nenhuma promessa de campanha saiu da normalidade.

“Não tivemos promessa eleitoreira. Toda eleição em Maceió sempre tinha uma proposta absurda, já foi uma vez o eixo viário do complexo do Reginaldo; já foi o velho câncer do VLT central da Fernandes Lima; já foi o ‘De Frente pra Lagoa’, mas você veja que, na minha campanha, as propostas são respaldadas ou na lei orgânica ou em parcerias com o próprio governo federal, como a questão do corujão ou com entidades filantrópicas para gente dar vazão às inúmeros filas de exames, e outras que são perfeitamente cabíveis, como para abrir o centro cirúrgico do PAM salgadinho”, disse João Henrique Caldas.

Ainda conforme o prefeito eleito, todas as intervenções que a gestão vai fazer são todas muito fáceis e muito realistas para o cenário. “A gente vai trabalhar para dar passos mais adiante. Então é muito mais conveniente a gente fazer, do que está falando. Muito mais que um plano de governo, é um plano de ação efetiva, com esse mandato participativo”.

JHC disse que já recebeu mensagens e apoio de muitos parlamentares e ministros parabenizando pela eleição. “A Bancada será fundamental. Esses anos em Brasília, essa relação construída ao longo desses 6 anos, será fundamental e muito importante. A Bancada Federal tem 300 milhões de reais todos os anos, com emendas impositivas. Maceió tem que montar sua fábrica de projetos porque os recursos estão em Brasília e, com essa fábrica de projetos, vamos conseguir levá-los à bancada Federal para podermos materializá-los”.

 

 

 

 

 

 

Por Clariza Santos e Thiago Gomes | Portal GazetaWeb.com

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário