Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018
Política

Rui diz que certidão era obrigação do TC e se recusa a antecipar campanha política

Por: Vale Agora Web em 16/01/2018 às 13:32
Crédito: Fillipe Lima/Alagoas24horas

Crédito: Fillipe Lima/Alagoas24horas

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) falou pela primeira vez sobre a emissão das certidões fiscais após o embate com o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em entrevista ao Alagoas 24 Horas, Rui afirmou que o município irá solicitar junto ao Tesouro Nacional o pedido de empréstimo de cerca de R$ 400 milhões.

“Era uma obrigação do TCE nos passar essas certidões fiscais. Agradecemos ao Tribunal de Justiça pela ajuda que nos foi dada. Agora vamos atrás do empréstimo para iniciar os trabalhos de melhoria na cidade”, afirmou.

Coordenador de campanha

Sobre a notícia de que o ex-prefeito de Paripueira, Abraão Moura, ter sido escolhido como coordenador de sua campanha ao Governo em 2018, Rui negou a informação e explicou que não está pensando neste assunto no momento.

“Está muito cedo para falar sobre isso. Temos até o dia 7 de abril. O Abraão é um grande amigo meu, mas ainda nem existe campanha. Nosso pensamento é continuarmos firmes no trabalho no município”, afirmou.

Aumento das passagens

O prefeito Rui Palmeira afirmou que a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) ainda não se reuniu com o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) para decidir sobre o aumento das passagens e que ainda não há previsão sobre se haverá ou a porcentagem de um possível reajuste.

“Ainda não nos reunimos com o Sinturb para definirmos essa situação das passagens. Teremos uma reunião nos próximos dias para saber o que será feito”, finalizou o prefeito.

Por: Fillipe Lima

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário