Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020
Política

Santana do Ipanema é sede do Governo do Estado por uma semana

Para Vilela, “nenhum relatório substitui o contato presencial. É importante que os secretários e todos os que fazem o Governo vejam com seus próprios olhos a situação que o sertanejo enfrenta.

Por: Vale Agora Web em 25/02/2013 às 10:46

Teotônio VilelaDurante cinco dias, o Governo do Estado de Alagoas transfere sua sede da capital para o município de Santana do Ipanema, no Sertão de alagoano. Entre 25 de fevereiro e 1º de março, o governador Teotonio Vilela Filho e todo o secretariado de Estado vão intensificar ações voltadas para minimizar os efeitos da estiagem prolongada que castiga a região.

Durante os cinco dias, o governador Teotonio Vilela Filho participa de encontro com prefeitos da região para traçar estratégias de combate à estiagem, como a discussão de linhas de crédito aos pequenos agricultores pela Desenvolve, Banco do Nordeste e Banco do Brasil. A programação inclui também a inauguração de obras.

Para Vilela, “nenhum relatório substitui o contato presencial. É importante que os secretários e todos os que fazem o Governo vejam com seus próprios olhos a situação que o sertanejo enfrenta, ouvindo diretamente deles as dificuldades e pleitos da região”.

O Semiárido alagoano sofre com a mais intensa e prolongada estiagem das últimas décadas, que atinge não apenas Alagoas, mas todo o Sertão nordestino, causando enormes prejuízos, com perda das safras e a mortandade de animais, trazendo sofrimento para o povo sertanejo, sobretudo ao pequeno produtor rural dedicado à agricultura familiar.

O Governo de Alagoas se antecipou ao problema e vem implementando ações que minimizam os impactos da seca no dia a dia do sertanejo, como a Operação Carro Pipa, em parceria com o Exército Brasileiro, e o início da operação do Canal do Sertão, que já está em funcionamento nos seus primeiros 65km. O  trecho será inaugurado em 11 de março pelo governador Teotonio Vilela Filho e a presidenta Dilma Rousseff.

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário