Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
Ciência

Defensora vai ao MPE denunciar morte de paciente no HGE por falta de atendimento

Luiz Alves da Silva estava internado desde o dia 7, aguardando cirurgia cardíaca de urgência

Por: Vale Agora Web em 15/07/2019 às 19:13

O Estado de Alagoas pode ser responsabilizado judicialmente pela morte do paciente Luiz Alves da Silva, de 61 anos, ocorrida na tarde desta segunda-feira (15), no Hospital Geral do Estado (HGE), depois de o Estado e hospitais credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) descumprirem ordem judicial que determinava sua transferência e cirurgia cardíaca de urgência.

No início desta noite, a defensora Pública Andresa Wanderley, do Núcleo da Saúde da Defensoria Pública Estadual, informou à Gazetaweb que denunciará o caso ao Ministério Público de Alagoas (MP-AL), para que o Estado seja responsabilizado judicialmente. Além disso, a Defensoria também estuda ingressar com uma ação na Justiça para responsabilizar o Estado no caso.

Natural de Arapiraca, Luiz Alves da Silva estava internado no HGE desde o dia 7 de julho com quatro de endocardite de prótese. Em estado grave, segundo laudo médico, o paciente necessitava passar por cirurgia cardíaca imediata – o que deveria ser feito em um hospital de referência. Para isso, a Justiça determinou sua transferência  na sexta-feira (12) – o que não foi cumprido -, depois que a família denunciou o caso na Defensoria Pública.

A defensora Andresa Wanderley chegou a oficiar gestores da saúde pública do Estado e hospitais credenciados cobrando o cumprimento da decisão. Segundo ela, o descumprimento da ordem judicial é uma clara violação aos direitos fundamentais à vida, dignidade e saúde do paciente.

“Após incansáveis tentativas, a família buscou a Defensoria Pública, que, de imediato, ingressou com Ação Civil Pública, tendo o Juízo da 16ª Vara da Fazenda Estadual determinado a transferência na mesma data para Hospital Referência Credenciado ao SUS ou privado, às expensas do Estado”, explicou a defensora, por meio de assessoria de imprensa.

 

 

Por Gazeta Web

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário