Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Saúde

Militares são internados em Maceió com malária e suspeita de febre amarela

Por: Vale Agora Web em 30/01/2018 às 15:17
foto: Divulgação

foto: Divulgação

Dois militares de nomes não divulgados foram internados em um hospital em Maceió com malária e suspeita febre amarela. Os militares do Exército, que estavam em missão no Amazonas e, depois, tiveram passagem pelo Rio de Janeiro, realizaram testes para confirmar as doenças. O exame do primeiro militar deu positivo para malária e o paciente está sendo tratado com o medicamento antimalário. O tratamento dura cerca de 14 dias.

O segundo militar testou negativo para malária, então foi realizado o exame para detectar a presença da febre amarela. Depois de feito, o teste foi encaminhado pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Alagoas (Lacen/AL) para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), situada no Rio de Janeiro, mas o resultado demora entre 30 e 40 dias para ficar pronto.

Em nota enviada à imprensa, a assessoria do Hospital Humanité destacou que não há riscos de contaminação, pois as doenças são transmitidas exclusivamente por mosquitos que vivem apenas em regiões de clima propício para o protozoário.

Por: Victor Leahy

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário