Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Zona da Mata Alagoana

Acusado de matar menores com crueldade é condenado a mais de 37 anos de prisão

Por: Vale Agora Web em 08/02/2018 às 9:29
Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

O crime aconteceu em novembro de 2016, na cidade de Boca da Mata, na zona da mata do Estado. Dois adolescentes de 14 anos, Tarcisio Balbino da Silva e José Luan da Silva Bento, foram brutalmente assassinados e seus corpos – desfigurados – foram abandonados dentro do cemitério Santa Rita. O duplo homicídio chocou a população da cidade.

O principal suspeito do crime, Carlos Eduardo Alves dos Santos, conhecido como Pitoco, foi julgado e condenado e 37 anos e seis meses de prisão na última segunda-feira (6). O assassino, juntamente com irmão, Eduardo Gomes dos Santos, teria atraído os adolescentes até o cemitério sob a alegação de usar drogas e mataram os adolescentes.

As vítimas tiveram os corpos desfigurados pelos assassinos e os corpos foram jogados em catacumbas. O segundo acusado não foi levado a julgamento, visto que se encontra foragido.

O histórico de violência de Carlos Eduardo remonta há muitos anos. Em maio de 2010, ele foi apontado como o principal suspeito do assassinato do próprio irmão, crime também ocorrido em Boca da Mata. Ele também já havia sido preso por tráfico de entorpecentes.

ArquivoMenores foram brutalmente assassinados

Menores foram brutalmente assassinados

 Redação, com TJ

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário