Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020
Zona da Mata Alagoana

Paulo Jacinto tem 3 casos suspeitos de Covid-19

Prefeitura já está monitorando os pacientes.

Por: Vale Agora Web em 18/04/2020 às 18:34

WhatsApp-Image-2020-04-17-at-17.59.21-1-1024x1024A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas notificou 3 casos suspeitos de contágio pelo novo conavírus no município de Paulo Jacinto, situado a 116 Km de Maceió. Os dados aparecem no Boletim Epidemiológico de número 41, divulgado pela SESAU nesta quinta-feira (16/04).

Segundo o levantamento atualizado no Boletim de número 42, publicado nesta sexta-feira (17), até o momento, Alagoas possui 7 óbitos, 285 casos em investigação, 110 confirmados e 878 já descartados.

Quanto aos casos suspeitos em Paulo Jacinto, o primeiro é do sexo masculino, possui 37 anos de idade, começou a sentir os sintomas no dia 08 de abril, e apresenta um quadro de febre, tosse e dor lombar, o que evoluiu para dificuldade respiratória e está aguardando a coleta do exame em isolamento domiciliar na casa dos pais, em outro município.

O segundo caso suspeito é do sexo feminino, tem 30 anos de idade, começou a sentir os sintomas também no último dia 08, apresentando um quadro de dor de garganta, tosse, febre, dor de cabeça e coriza. Já o terceiro caso trata-se de uma mulher com 76 anos de idade, começou a sentir os sintomas no dia 10 de abril e apresenta um quadro de dificuldade respiratória e febre. Segundo foi apurado, a paciente foi internada em Maceió, onde aguarda o resultado do teste.

As providências

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde de Paulo Jacinto, Maria do Carmo Barbosa, o Prefeito Marcos Lisboa determinou o total empenho da sua equipe técnica no acompanhamento de todos os casos suspeitos, o que já está sendo feito. Além disso, a prefeitura está realizando um amplo trabalho de divulgação das medidas de prevenção, utilizando carro de som, redes sociais e rádio.

Outras ações importantes realizadas pelo município são as desinfecções da Unidade Mista de Saúde, dos postos de saúde, das ambulâncias e a lavagem das ruas.

Dicas de Prevenção

O notícias.al ouviu a enfermeira Evellyn Barbosa, que vem acompanhando de perto a evolução da pandemia e destacou que em Alagoas a transmissão comunitária já existe e são os casos em que não é mais possível identificar as fontes de transmissão da doença. Com esse tipo de transmissão a probabilidade da circulação do vírus na população é alta. Por isso é importante reforçar o papel de todos na prevenção.

“Tendo em vista a gravidade é necessário bater na tecla de que com medidas diárias a gente consegue reduzir o risco de contágio. Se tornarmos alguns hábitos rotineiros, a gente conseguirá reduzir significativamente os índices”, comentou.

Na oportunidade, Evellyn passou algumas dicas:

“Lavar as mãos frequentemente, por mais de 20 segundos, com água e sabão; usar o álcool em gel para higienização, lembrando que ele não substitui a lavagem das mãos; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; usar máscara quando precisar sair de casa; evitar contato ou chegar próximo de pessoas que apresentem algum sintoma gripal; evitar tocar nos olhos, nariz ou boca; evitar participar de aglomerações de pessoas; higienizar produtos ou alimentos que chegam da rua; e, somente sair de casa em caso de extrema necessidade”.

Fonte: Notícias.al

Notícias Relacionadas

Não há comentários.

Deixe um comentário